quinta-feira, 29 de setembro de 2016

New York - Passeando por Brooklyn Bridge e Brooklyn




Na minha viagem a Nova York um dos passeios que fizemos foi a travessia da Ponte de Brooklyn.




Esta ponte é uma das mais antigas pontes de suspensão nos Estados Unidos. Tem uma extensão de 1 834 m e situa-se sobre o rio East, ligando os distritos de Manhattan e Brooklyn.





Adorei os candeeiros




A ponte é em estilo gótico, começou a ser construída em 1869 tendo sido aberta ao público em 1883.






Foi desenhada pelo arquiteto John Augustus Roebling.





Da Ponte de Brooklyn podemos observar a Ponte de Manhattan





Existem faixas para passear a Pé e para as bicicletas e os carros passam num tabuleiro inferior





A cidade vista da ponte







Chegando a Brooklyn




Manhattan lá ao fundo, vista do lado de Brooklyn




Almoçamos no Luke's Lobster, um pequeno restaurante que tinham indicado ao meu marido. Comemos uma sandes de lagosta, uma delicia. Depois demos um pequeno passeio.














Passeando por Brooklyn Bridge Park (Ponte de Brooklyn)




Uma forma diferente de olhar ...




 Um pouco mais em baixo está a Ponte de Manhattan





Por debaixo da Ponte de Brooklyn está o histórico armazém de tabaco.








Passeando em DUMBO (Down Under the Manhattan Bridge Overpass), um bairro em Brooklyn. Ponte de Manhattan em Pearl Street Pocket Park.





Gostei da decoração desta floreira




Na Washington Street, conseguimos ver por baixo do arco dos pilares da Manhattan Bridge, o Empire State Building em Manhattan.





E não é que este restaurante tinha um nome meu conhecido ...




Não deu para ver muito mais pois estava na hora de voltar a Manhattan.  Fizemos a viagem de regresso de metro.




Fotos: Família Rodrigues ( António, Pedro e Maria )

Texto Explicativo: Wikipedia

Próximo Post:  Sede da Organização das Nações Unidas


Árvore - Poema de Fernando Guimarães




Conheço as suas raízes. É tudo o que vejo.
Há um movimento que a percorre devagar. Não sei
se ela existe. Imagino apenas como são os ramos,
este odor mais secreto, as primeiras folhas
aquecidas. Mas eu existo para ela. Sou
a sua própria sombra, o espaço que fica à volta
para que se torne maior. É assim que chega
o que não passa de um pressentimento. Ela compreende
este segredo. Estremece. Comigo procuro trazer
só um pouco de terra. É a terra de que ela precisa.


Fernando Guimarães, in 'Limites para uma Árvore'



quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Hora do Banho - PINTURAS

Pintor: Eugenio Zampighi


Era a hora do banho, da alegria, da partilha e da família.

Os banhos de outrora em PINTURAS.


Pintor: Giovanni Battista Torriglia

Pintor: Arthur John Elsley

Pintor: Louigi Morgari

Pintor: Eugenio Zampighi

Pintor: Václav Brozik

Pintor: Eugenio Zampighi


"Eu sonho minha pintura, e então eu pinto o meu sonho." Vincent Van Gogh